Grêmio de Golfe

11293305_782568395190891_1133129121_o

Golfe nas Olimpíadas

O Golfe teve sua modalidade entre os esportes Olímpicos apenas duas vezes: em Paris no ano de 1900 e em St.Louis no ano de 1904. Apesar de poucas participações em jogos Olímpicos o esporte continuou a ser praticado em diversos países, destacam-se: Estados Unidos, Reino Unido e Irlanda do Norte. No Brasil a modalidade vem ganhando espaço anualmente e hoje já apresenta um numero de 120 campos e mais de 25 mil jogadores, além de diversos campeonatos regionais divididos em categorias. Seguindo essa tendência mundial, que verifica-se inclusive no Brasil, o Comitê Olímpico Internacional decidiu através de votação em 2009 pela reinclusão do golfe nas Olímpiadas Rio 2016 e Tóquio 2020. Sua participação nos anos seguintes dependerá de uma votação que ocorrerá em 2017 pelo mesmo Comitê.

O fato de ter campeonatos internacionais fortes e tradicionais como o PGA Tour, Masters e o British Open dá credibilidade para o esporte e reforça sua permanência para os próximos anos. Além disso, nas Olímpiadas Rio 2016 os brasileiros terão a oportunidade de presenciar o esporte de perto e conhecê-lo melhor.

Outro aspecto importante é que está sendo construído outro campo de golfe para realização dos Jogos Olímpicos. Será o Riserva Golf, que contará com 18 buracos distribuídos por quase 45 hectares e terá proporções internacionais, podendo estimular ainda mais a prática desse esporte tão nobre, integrador e ético no Brasil.

Destaca-se também que pela primeira vez a modalidade será disputada nos Jogos Mundiais Militares de 2015 em Gwangiu, na Coréia do Sul. O atleta André Tourinho foi integrado ao  Quadro de Sargentos da Reserva de Segunda Classe para representar a Marinha do Brasil na modalidade.

11333249_782568305190900_19310875_o

Golfe no Brasil

Segundo Jaime Bernardes, no final de século XIX engenheiros escoceses e ingleses da Cia. São Paulo Railway, que vieram para o Brasil para a construção da Estrada de Ferro Santos-Jundiaí, conseguiram a doação de terras para a construção do primeiro campo de golfe brasileiro, o São Paulo Golf Club. No Rio de janeiro, na década de 1920, nasce o primeiro campo de golfe carioca: o Gávea Gold & Country Club, cujo campo é conhecido pela sua complexidade. Na década de 1930 foram fundados mais dois campos: o Terezópolis Golf Club e o Itanhangá Golf Club (IGC), que tinha como presença ilustre o presidente Getúlio Vargas.

No Rio Grande do Sul, em Santana do Livramento, o golfista Mário Gonzalez começou seus primeiros passos e com apenas 17 anos conquistou seu primeiro título de campeão do Campeonato Amador do Brasil. Muitos o consideram o maior jogador de golfe no Brasil, obtendo grandes conquistas internacionais, como o Saint George Cup da Inglaterra (a competição mais antiga da Inglaterra) e o campeonato Aberto da Espanha, como também conquistou 8 vezes o torneio Aberto do Brasil.

11208759_782568301857567_1388468752_n

Criação do Grêmio de Golfe da Escola Naval

Em 30 de setembro de 2012 foi disputada no IGC a 1ª Taça Almirante Tamandaré de Golfe. Nessa oportunidade 15 aspirantes participaram de um torneio de putter e tiveram seus primeiros contatos com o esporte. Durante o evento, o então Comandante da Marinha (CM), Almirante-de-Esquadra Júlio Soares de Moura Neto determinou a criação do Grêmio de Golfe da Escola Naval (GGEN) visando o incentivo à prática do esporte. Em 2013 ocorreu a inauguração do grêmio, que contava com 13 aspirantes e um oficial orientador, que duas vezes por semana teriam aulas no IGC. Ao final desse ano o Sr. Sergio Carpi, presidente do IGC, doou para a Escola Naval um simulador de golfe para que os aspirantes pudessem treinar com mais frequência, otimizando os eventuais tempos de recreação a bordo.

Atualmente o grêmio conta com 14 integrantes, sendo 3 aspirantes do 4º ano, 4 do 3º ano, 2 do 2º ano e 5 do 1º ano, dentre eles uma aspirante do sexo feminino. Os treinos continuam a ser realizados duas vezes por semana no IGC, entretanto o GGEN conta também com atividades no simulador de golfe e no putting green, que foi construído no Pátio Inhaúma. E além das atividades rotineiras, o grêmio é eventualmente convidado a participar de torneios organizados pela Federação de Golfe do Estado do Rio de Janeiro, visto que a Taça Almirante Tamandaré tornou-se um evento tradicional no seu calendário e já está na 4ª edição, todas realizadas no IGC. Neste ano o GGEN teve a oportunidade de prestigiar, no dia 11 de abril, o 1º Torneio de Golfe Almirante Barroso no Santos São Vicente Golf Club, o evento foi realizado em comemoração aos 150 anos da Batalha Naval do Riachuelo e que contou com a presença do Capitão dos Portos de São Paulo e demais personalidades santistas.